quinta-feira, outubro 12, 2006

Carta ao (ex-comungado) Frei Beto

Edmundo Fontela Emediato Grieco

Com todo respeito, Sr Frei Beto,


Fico impressionantemente chocado ao ver pessoas inteligentes como essas que me repassam este texto muitíssimo bem escrito se deixarem levar por essa simplificação (desculpem a palavra forte ) ridícula dos fatos da nossa história recente. Fatos elencados e reais, e segundo minha própria posição politica de tendência de esquerda, e minha educação que é baseada no respeito à humanidade e à cidadania de todas as pessoas e povos do mundo, a legalidade e a moralidade ( não a falsa moralidade estilo rede globo );
é bem verdade que nos ÚLTIMOS 12 ANOS nosso país foi governado por pessoas sem um projeto de nação, sem ética, sem moral, sem compromisso com a verdade, coom as necessidades e direitos do cidadão brasileiro.

Daí, não entendo como qualquer comparação entre períodos deste prazo de 12 anos me podem fazer escolher entre um ou outro grupo, tendo em vista que ambos demonstraram apenas possuir projetos de poder em que defendiam exclusivamente a possibilidade de manterem-se exercendo o poder. Concordo Que Alckimim, sendo um representante do PSDB, apesar de não ter feito parte do governo federal nos anos em que o PSDB foi o partido mandatário da nação, merece nossa desconfiança. Porém, de Lula eu não tenho desconfiança, eu tenho certezas, conivente com a corrupção, coordenador de um sistema de manutenção de poder baixo (desculpem-me novamente ) e sem-vergonha, que é usado no Brasil desde sempre e em todos os níveis pela direita e pela esquerda, pois não há diferença entre os métodos dos famosos coronéis, e dos nossos sindicalistas e do nosso presidente também, infelizmente pra nós.

Eu me pergunto, cadê aqueles milhões de empregos que seiam gerados, cadê aquela redução de juros prometida 4 anos atrás, Cadê o ensinar a pescar em vez de dar o peixe (é isso que significa bolsa familia, ou bolsa família significa COMPRAR os votos das pessoas que tem menos condição de perceber as coisas que acontecem nas altas esferas politicas do país).

Não Frei Beto, eu não vou com você, se você com os fatos que você não deve ter precisado estudar muito para elencar em seu texto, tivesse antes do primeiro turno me convidado para uma cruzada em busca de procurarmos eleger uma outra tendência, e pedido apoio a qualquer um dos candidatos que não passaram ao segundo turno, você talve me tivesse convencido. Mas agora nesse seu caminho eu não vou. Venha você num dos caminhos que eu posso seguir: vamos votar nulo; vamos fazer a revolução; vamos alugar o Brasil; vamos explodir este país, vamos nos matar de desgosto; vamos fazer qualquer coisa, mas não me peça pra eu esquecer por que eu lutei anos para colocar o PT e o Lula no poder, nem pra que eu esqueça que ao chegar ao poder ele traiu a confiaça que eu depositei nele estes anos todos, porque isso eu não farei.

Vou te confidenciar uma coisa, eu me arrependi do meu voto de 2002, se tivéssemos elegido o Serra, pelo menos ainda teríamos no congresso um contraditório de oposição que era sólida e funcionava, pelo menos na oposição o PT funcionava, e hoje ganhe quem ganhar, aquele projeto neoliberal da manutenção do status quo no Brasil, será levado a diante por quem ganhar e não haverá oposição quanto a isso porque somados os partidos que defendem este pensamento PT, PSDB, PFL e PMDB (sim eles estão todos juntos) formam uma maioria esmagadora no congresso.


Eu não sei se votarei no Alckimim frei Beto, mas eu sei que eu não votarei no Lula, isso eu sei.


EDmundo Fontela Emediato Grieco é apenas um cidadão que não vai se deixar levar por uma conversa fiada de ele não sabia, ou foi uma ovelha negra da família que fez essas bobagens todas.


Um comentário:

Mendelson disse...

Faço minhas, as suas palavras.